Últimas Notícias

Presidente do Sintaf-Ma recebe registro sindical das mãos do ministro do Trabalho e Emprego

O presidente do Sindicato do Grupo Tributação, Arrecadação e Fiscalização da Fazenda Estadual do Maranhão ( SINTAF-MA), José Oliveira Ataídes, recebeu, na última sexta-feira (28), das mãos do ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, a certidão de registro sindical.  A entrega do documento, em ato simbólico,  legitima ainda mais as lutas das entidades sindicais.
Reforçando a importância da representação sindical no país, Manoel Dias afirmou que o MTE segue promovendo um mutirão para acelerar a análise dos processos de registro de entidades de todo o país no Cadastro Nacional de Entidades Sindicais (CNES/MTE). “É uma luta de classe permanente que dá legitimidade para as entidades. Assim, passam a representar suas categorias diante das necessidades dos trabalhadores filiados. O Brasil tem um movimento sindical consolidado, motivado pelas ações iniciadas por Getúlio Vargas”, concluiu.
Dando sequência ao projeto nacional de modernização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o ministro Manoel Dias ainda anunciou que a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Maranhão (SRTE/MA)  receberá investimentos de mais de R$ 7 milhões para a construção da nova sede, na capital.
Para dezenas de servidores administrativos e auditores fiscais do Trabalho, o ministro ratificou que os recursos do MTE para infraestrutura e desenvolvimento da equipe técnica são fundamentais, pois garantirão serviços com ainda mais qualidade e agilidade em todo o país. “Entre os órgãos federais, o Ministério é a instituição que mais se envolve com os cidadãos, pois promove a garantia de direitos essenciais. O nosso principal objetivo é garantir o protagonismo do ministério, que é uma ferramenta fundamental para o país”, pontuou. “Estamos implantando mais de dez programas que vão acelerar a modernização da nossa estrutura. O agendamento eletrônico é um exemplo desse novo momento, pois acaba com as filas”, completou Dias, que estava acompanhado do secretário estadual do Trabalho e da Economia Solidária, Julião Amim.
A sede da SRTE/MA, que fica no centro da capital maranhense, oferece aos cidadãos a emissão da carteira de trabalho, entrada no seguro-desemprego, homologação trabalhista, plantão fiscal e consulta ao RAIS e Caged. Segundo o superintendente regional, Silvio Pinheiro, “a Superintendência está recebendo uma valorização que será fundamental para o futuro do MTE. Há dois anos, o ministro já tinha garantido essa reforma e, agora, virou realidade”, afirmou.
Ao destacar o resultado positivo do estado no Caged de julho deste ano, que registrou um saldo de 2.121 empregos formais, o ministro valorizou a contribuição dos setores da Construção Civil e da Indústria de Transformação, que seguem impulsionando a economia no Nordeste nos últimos anos. Sobre o FGTS, o ministro ressaltou que o estado recebeu, desde 2011, mais de R$ 2,9 bilhões em recursos para infraestrutura urbana e habitação. “Foram mais de 724 mil pessoas beneficiadas com recursos do próprio trabalhador. Nos últimos dois anos, o Fundo estimulou a geração de quase 100 mil empregos nessa região”, pontuou.