Últimas Notícias

Júri condena em 25 anos assassino do auditor fiscal José Saraiva da Sefaz-Ma

O bahiano, Jack Douglas Vieira Matos, foi condenado a 25 anos de reclusão pelo assassinato do servidor da Secretaria Estadual da Fazenda do Maranhão (Sefaz-Ma), José de Jesus Gomes Saraiva. O julgamento ocorreu durante todo o dia da última segunda-feira (17), no Fórum Desembargador Sarney Costa, no Calhau. O crime ocorreu na Vila Maracujá, zona rural de São Luís, no dia 19 de novembro de 2014. Foi negado ao réu o direito a apelar a sentença em liberdade.

Nas primeiras horas da manhã de ontem foram ouvidas quatro do total de seis testemunhas de defesa e acusação, assim como o réu Jack Douglas. Duas das testemunhas não compareceram. No período da tarde ocorreram os debates entre a defesa e o representante do Ministério Público e a sentença, declarada pelo juiz titular da 2ª Vara do Júri, Gilberto de Moura.

Além da presidência do juiz, a sessão contou com os trabalhos da promotora de Justiça, Cristiane Coelho Lago. Como assistentes de acusação, os advogados Liziane Saraiva e Hugo Passos; enquanto, a defesa do réu foi feita pelo advogado Ítalo Leite.

Justiça

Em forma de manifesto e em busca de justiça, familiares e amigos de Saraiva se reuniram com cartazes e faixas na frente do fórum, antes de começar a sessão. Panfletos também foram distribuídos para quem transitava na Avenida Professor Carlos Cunha, local onde está situado o fórum.

O presidente do Sindicato do Grupo Tributação, Arrecadação e Fiscalização da Fazenda Estadual do Maranhão (Sintaf-MA), João José Farah Rios, representando a categoria do Fisco no estado, agradece ao poder judiciário, a polícia e a todos os envolvidos no julgamento pela conclusão do caso e punição do criminoso. “Acreditamos que nós amigos, colegas, representantes da categoria e principalmente os familiares, estamos satisfeitos com o desenrolar do caso, pois a justiça foi feita e a memória do nosso amigo Saraiva será reconhecida e mantida como a de um grande servidor público que honrou até o último momento as atribuições do cargo”, ressaltou o presidente.

Da prisão

Jack Douglas foi preso na cidade de Paulo Afonso, na Bahia, no dia 27 de outubro de 2016 e, no momento, está custodiado na Unidade Prisional São Luís 2, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.